A maioria das pessoas não presta atenção quando o assunto é saúde dos olhos. Consultar um oftalmologista ou fazer exames de rotina são atitudes que muitos só fazem quando surge alguma urgência. Este comportamento não é recomendável, pois muitas doenças oculares são curadas desde que o diagnóstico seja precoce.

Sem falar que, quando há um acompanhamento periódico, fica muito mais fácil de identificar anomalias ou mudanças nos olhos. Além disso, é preciso se informar para cuidar da sua saúde ocular e da sua família. Por isso, resolvemos fazer uma lista com dicas que você pode colocar em prática. Veja, abaixo, quatro informações sobre a saúde dos olhos que você não conhecia.

Cada fase da vida exige exames específicos

Exames oculares são essenciais para qualquer pessoa e variam de acordo com cada determinada fase da vida. Nesse sentido, podemos dizer que os cuidados com a saúde dos olhos precisam começar desde o nascimento. Nessa fase, um dos exames de visão indispensáveis é o famoso teste do olhinho.

Já na fase adulta, o exame de visão mais importante é o de rotina. Não é recomendável fazer apenas quando houver algum tipo de incômodo ou dificuldade para enxergar.

Alimentos ajudam a cuidar da saúde dos olhos

Apesar de soar como uma crença popular, a verdade é que comer cenoura faz bem para a saúde dos olhos sim. Alguns alimentos devem ser incluídos na dieta de qualquer um que queira ter uma vida mais saudável. Peixes, por exemplo, são ricos em ômega 3 e 6, que ajudam a preservar os vasos sanguíneos que irrigam a retina. Sem falar que eles também são ricos em vitaminas A, B6, B12, C, D e E.

 

Óculos escuros não são apenas um acessório

Uma informação que muita gente não sabe é que óculos escuros não são apenas um acessório para compor o visual. Um bom par de óculos escuros protege os olhos da exposição excessiva do sol ou de raios ultravioleta.

O mais importante é consultar um oftalmologista para verificar se você precisa de lentes especiais ou não. As lentes precisam ter garantia de origem e apresentarem filtro de proteção total contra os raios UVA, UVB e UVC. Nunca compre óculos escuros sem verificar essas características, pois o uso contínuo pode trazer problemas para a saúde dos olhos.

Dores de cabeça podem significar problemas na visão

Nunca subestime os sinais que seu corpo dá. Se você sente dores de cabeça constantemente e não procura a raiz do problema, cuidado! As dores de cabeça podem ser consequência de problemas na visão.

Algumas doenças oculares como hipermetropia e astigmatismo são comuns, mas precisam ser tratadas. Caso contrário, as dores de cabeça irão persistir e atrapalhar sua produtividade. Sem falar que existe a possibilidade de ser algo mais grave, pois um dos sintomas de glaucoma é sentir uma dor intensa ao redor do olho, que pode ser confundida com dor de cabeça.

Viu só como é preciso se informar para cuidar da saúde dos olhos? Para evitar dúvidas ou iniciar tratamentos sem diagnósticos corretos, a melhor saída é buscar um oftalmologista para realizar os exames necessários. Não deixe de acessar nosso blog para ler mais dicas e informações sobre o assunto!

Fonte: Hospital de Olhos de São Paulo

Related Post

Por que o idoso deve tomar...

Miopia, astigmatismo, hipermetropia e outros problemas que afetam os olhos estão entre...

ÓCULOS DE GRAU: 5 DICAS PARA...

Quando se trata de escolher o seu tipo de óculos, torna-se uma decisão técnica e, ao...

Leave a Comments